Já é seguro fazer um cruzeiro?

A ideia para o pós pandemia é uma só, curtir a vida! Para quem pensa assim esse texto cairá como uma luva. Não é difícil ver na internet pacotes com promoções para os mais variados destinos, e os cruzeiros que sempre estiveram em alta, agora parecem estar longe dos sonhos de muita gente. Segundo dados do governo federal, o vírus pode se propagar pelo ar, e você iria para um hotel que o ar condicionado fica ligado o tempo todo? Bem, vamos lá...

Montenegro, o menor entre os pequenos

Por fim chegamos ao último país do bloco da Jugoslávia, e vamos fazer durante a semana matérias proporcionais ao tamanho desse pequenino país. Vamos começar falando que após sua saída do bloco, e sua independência da Sérvia em 2006, o país entrou em crise e sua economia hoje se baseia no setor imobiliário e turismo. Um fator importante para Montenegro foi ter se tornado o 29° país a fazer parte da OTAN, fazendo com que a população de 6 milhões de habitantes possa ter mais segurança em tomadas de decisão a partir de agora.

Macedônia, terra de Alexandre, o grande

Mais um país pequenino em meio a muita confusão territorial e nacionalista. Duas grandes personalidades passaram por essas terras e defendiam ideologias diferentes com os nomes de Alexandre, o grande, e Madre Teresa de Calcutá. Se hoje o turismo é bem difundido, então o nome desses dois é de extrema importância. O número de habitantes é baixo em todo o país, e o turismo ainda não é uma potência como outros vizinhos como a Grécia, mas a intensão com o turista é a melhor possível.

Resumo de um país chamado Bósnia

Um país que, assim como todo os outro dos Bálcãs, teve problemas e conflitos por conta de diferentes culturas e religiões que sempre estiveram presentes em seu território. As influências dos bizantinos, otomanos e católicos fizeram desse país uma verdadeira miscelânea de gostos e história, e o mais interessante disso tudo é que de uma forma ou de outra sempre conseguiram conviver bem com isso.

Mostar, a terra de otomanos na Bósnia

Um país quem tem a religião Islã forte, um governo dividido pelas três religiões e que consegue se sustentar bem mesmo após a guerra da década de 1990. Para quem prefere algo mais visual fica a dica do filme Sarajevo que está na Netflix e conta bem a história sem cenas de guerra e mortes sangrentas. E a duas horinhas da capital bósnia está a pequenina cidade de Mostar que é patrimônio da Unesco e que guarda vários segredos em seu interior.

Medjugorje, um santuário de fé

Uma vila pouca conhecida e explorada até o começo dos anos 1980, quando seis crianças tomaram um susto com a aparição de Virgem Maria. Os turistas que visitam a vila, com um pouco mais de 4 mil moradores, acreditam na história das crianças e da aparição no alto da colina o que torna esse pedacinho do mundo mais visitados pela crença católica, um lugar sagrado para o Papa, e faz com que a cidade sobreviva do turismo religioso.