Mostar, a terra de otomanos na Bósnia

Um país quem tem a religião Islã forte, um governo dividido pelas três religiões e que consegue se sustentar bem mesmo após a guerra da década de 1990. Para quem prefere algo mais visual fica a dica do filme Sarajevo que está na Netflix e conta bem a história sem cenas de guerra e mortes sangrentas. E a duas horinhas da capital bósnia está a pequenina cidade de Mostar que é patrimônio da Unesco e que guarda vários segredos em seu interior. A cidade que tem como chamariz a ponte, o rio e claro a cidade de pedra.

(A gente até olha, mas não pula)

PONTE DE MOSTAR, OU, STARI MOST

Para quem passa a primeira vez é de acreditar que a ponte só serve para que os meninos façam seus saltos de sunga em troca de moedas, e a altura até o Rio Neretva é grande, e não sabe da importância de uma ponte que existe há mais de 400 anos. Antes não era feita de pedra, e só ganhou os traços atuais no pós-guerra, mais exatamente em 2004. Caminhar por essa cidade toda de pedra é fantástico e cruzar a ponte é um desafio.

(Mostar – Bósnia)

As pedras aqui são muito lisas e apesar do corrimão em ambos os lados e uma escadinha central, atravessar essa ponte é para poucos. Se sua vovó ou vovô pretendem passar aqui, você pode dizer que é possível e só peça para que tenham o máximo de precaução possível, pios um descuido e o chão será destino certo nessas pedras escorregadias.

A ponte é magnifica e contraste com o verde do Rio Neretva é fascinante e sua arquitetura mesclada a arquitetura muçulmana é de tirar o folego. Os otomanos estiveram na cidade por mais de 400 anos e faz parte da cultura e dos costumes alguns detalhes locais.

(Ponde de Mostar e o Rio Neretva)

CAMINHOS

Há quem diga que mais tempo na Bósnia seja o ideal, e nossa equipe tende a concordar com isso, mas podemos ser um pouco mais realistas ao dizer que 2 dias em Sarajevo cheios, um em Mostar e um em Medjugorje pode ser o suficiente para um passeio inesquecível não tive a oportunidade de ver Mostar a noite com sua ponte iluminada então fez falta uma noite que fosse por aqui.

Como já dissemos em outro post, vale a pena dar uma olhada no pequeno roteiro que fizemos. Vá até caminho em Medjugorje, e confira. Aqui você verá o tempo de um lugar ao outro e um mapa.

O QUE FAZER EM MOSTAR

Caminhar por essa preciosidade é uma das maiores atrações da cidade, então entre nas ruelas, nas lojinhas e nos restaurantes. Vale a pena passar por cada pedrinha ao longo do passeio tanto na ida quanto na volta da ponte.

Bem no começo do passeio para quem vem pelo lado contrário ao da mesquita já é possível ver inúmeros restaurantes e barzinhos, e alguns deles com uma vista sem igual da ponte e do rio. Vale mesmo a pena passar um tempo e comer por aqui, mas se você também gosta de comida árabe e um ambiente mais acolhedor preste atenção a um restaurante pequenino a direita todo de madeira ainda no começo do passeio. Aqui eles servem muita coisa boa e bem barata. Inclusive um kebab, kafta e um belo Humus. Dica equipe Guias & Trilhas, esse lugar é ótimo !!

(Vista do topo da ponte de Mostar)

Entre beliscar uma coisa e outra, um sorvete, as comprinhas nas lojinhas (muita coisa aqui é de origem árabe, então vá preparado para ver muita coisa de decoração e comidinhas para esse público), há também a parte cultural. Se você passou por Sarajevo e não viu a mesquita no centro histórico então de uma olhada na mesquita de Mostar, e mesmo sendo menor não perde em nada para nenhuma outra e com um guia local ainda pode aprender muito sobre a cultura e religião.

(Mostar, a cidade de pedra)

Do outro lado da ponte próximo a mesquita está a turkish house que mostra bem como os antigos otomanos viviam com móveis e até um chazinho super gostoso que servem logo que chega. 

(turkish house)
(turkish house)

SARAJEVO E BELGRADO

Quer saber mais sobre a guerra da década de 1990, então clique em Belgrado e Sarajevo e entenda melhor tudo que rolou por aqui.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: