Em um dos meus posts eu falei sobre trabalhar a bordo, pelo menos citei e disse que falaria mais a frente. Pois bem, chegou o dia.

Então vamos enumerar algumas coisas boas de trabalhar a bordo, ok ?

Um a um.

Trabalhar e não pagar aluguel. Quer coisas melhor do que ter um lugar para dormir e não ter que pagar por isso? Bem, a cabine da grande maioria dos tripulantes é pequena e não tem janela, mas se você der sorte e não tiver um roommate, ou, colega de quarto chato, a estadia pode ser muito bacana e com certeza seu contrato será mais leve.

Dinheiro em moeda estrangeira. Aqui é uma das melhores razões para se trabalhar a bordo. Imagine ganhar em dólar podendo juntar todo mês o que seria seu aluguel, as despesas com alimentação que você não tem, e desfrutar das férias com mais tranquilidade. A cotação da moeda é flutuante e você deve estar pensando: “…até parece que vou me arriscar sem carteira assinada em uma barca pelo mundo e com cotação instável…”, se por acaso estiver pensando assim, reflita sobre a quantidade de gente que trabalha nessa condição e que eu mesmo tive uma fase onde o dólar estava cotado a 1,65 !!

Vale a pena com toda certeza. A dica aqui fica por conta da posição de trabalho lá dentro e cabe a você procurar as melhores. Dica 2 então, bar, camareira, restaurante e future cruises são boas posições e que pagam direitinho sem ter muita dor de cabeça. Uma vez embarcado uma excelente opção é tentar subir de cargo e conseguir as tão famosas STRIPES, que além de prestigio e elevação de ego, trazem também um salário mais satisfatório nos PAY DAY.

No navio não tem empregada então acostume-se desde já a fazer sua cama, limpar o seu quarto e banheiro, e colocar as roupas pra lavar. Facilitará e muito sua vida a bordo, mas se for ao lugar certo sempre terá alguém da limpeza que aceita fazer a limpeza da cabine e o pagamento sempre é conversado. Pode acreditar, você dará muito valor a 3 itens limpinhos na sua cabine: lençóis, toalhas e papel higiênico.

Sempre trabalhei no turismo, então a ideia veio após uma passagem frustrada em cabo frio em uma pousada cheia de ratos e que na volta precisava de uma cerveja. Eu gosto de chamar de destino porque encontrei um amigo que tinha acabado de passar na entrevista e me deu a dica. Hoje com muito orgulho digo que conheci 41 países e boa parte deles foi graças ao navio. Então se viajar é um hobby, fica a dica. Viajar é preciso então não fique à toa.

306285_422715391090997_1716004429_n

(essa foto mostra super bem o que mencionei, bebida, festa, amigos e brincadeiras)

Uma dica super bacana. Cuidado extremo com maus hábitos. Vamos a eles.

Fumar é um meio de desestressar, assim como bebida alcoólica. Ambos deixam cheiro na pele e roupa, certo? Cuidado caso você lide com passageiros, pois a pressão por um bom serviço vai do inicio ao fim. É normal você ver pessoas tomando uma cerveja, ou fumando um cigarro nos intervalos e mais normal ainda ver os dois. Mas cuidado, pois vi muita gente sendo mandada embora por conta de bebida !!!!

Cabelo e barba para os meninos e cabelo para as meninas. Sempre impecáveis. Gostava de dizer que fazia parte da marinha americana uma vez que estava sempre impecável, ou pelo menos me esforçava pra isso.

No próximo texto falarei dos porquês de não trabalhar a bordo. São vários motivos, mas no geral esse texto aqui faz você colocar na balança e o lado positivo acaba sendo muito mais animador.

Vou deixar mais um bom motivo. Fiz muita amizade a bordo. Conheci muita gente bacana de toda parte do mundo sendo eles tripulantes CREW ou passageiros GUESTS. Sua preocupação é vida amorosa? Basta ter paciência e estar nos lugares certos, e pode ter certeza até os mais quietinhos uma hora ou outra se animam. Todos nós ficamos carentes e muito em algum momento nos meses a bordo.

318151_422714334424436_1269467697_n

(Ida a Sevilha em uma das paradas na Espanha, do 8 ao 80)

579117_422715001091036_849075462_n

(Dry dock em Cadiz na Espanha – time de demolição e que trabalha um monte)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: