San Miguiel De Allende

Essa foi uma das primeiras cidades que passei e que me marcou muito. Parece uma cidade em miniatura, linda e rica em cada detalhe de suas casas e ruas. A pracinha principal com sua igreja rosinha e torres que destoam da altura da cidade, mas que mantêm o mesmo ar rústico e único que San Miguiel De Allende possui. Hoje é mais uma relíquia do patrimônio da humanidade eleita pela UNESCO, mas foi fundada no meio do século XVI mais precisamente em 1542 e tinha uma importante função de alojar comboios de comerciantes que iam e vinham do interior para a cidade do México transportando, ora ouro e prata, ora produtos diversos vindos da Europa. A cidadezinha com uma praça linda com suas árvores com folhas cortadinhas em sentido uniforme inúmeros bares e restaurantes que a rodeiam e as casinhas e prédios pintadinhos que dão um ar original e tipicamente mexicano.

(Entrada da cidade de San Miguiel De Allende)

Um pouco mais a frente, é só seguir as torres das igrejas e nesse caso as torres em frente à igreja principal atravessando a praça umas duas ruas mais a trás você encontrará a segunda igreja, e é ai que gosto de ir em todas minhas viagens pelo menos uma vez. Atrás da igreja pelo lado direito seguindo a calçada, caminhando uns 50 metros encontrará o mercado da cidade (o famoso mercadão). Tem uma variedade enorme de petiscos típicos bem simples, seguido de legumes, verduras, frutas bem fresquinhas assim como encontramos nos grandes mercadões. Muito artesanato como de costume com um grande diferencial que não está no roteiro de muitas pessoas que passam por aqui. Lá eles trabalham com muita eficiência o latão, isso mesmo o latão.

(Parroquia de San Miguel Arcángel)

Como estive lá perto da época de natal, eles tinham trabalhado o material em pequenas partes que pareciam estrelas de diferentes cores e tamanhos e que se montadas como ensinado formam uma linda arvore de natal. A maioria das árvores tem um dispositivo para uma lâmpada assim pode iluminar cada parte em separado. Bem na minha passagem por Cancun mencionei o artesanato do país, e aqui está um bom exemplo do incrível e diferenciado artesanato mexicano.

(Mercadão de San Miguiel De Allende)

Bem nessa cidadezinha encantadora, vale a visita cultural passando por museus e entendendo um pouco mais da historia do país como a casa de Allende que a partir daqui passará a entender melhor sua função dentro da historia local, ou a casa da inquisição e a casa do inquisidor. Essa ultima tida como jóia do barroco do século XVIII, mantendo o assoalho, telhado, detalhes em suas paredes e cantos intactos a tornam umas das casas mais fotografadas e arquivadas em todo o país.

Após um dia se deixando perder pelas ruelas da pequena cidade, vale e muito passar uma noite num dos charmosos hotéis para poder desfrutar da noite que é bem animada. Se você está solteiro ou acompanhado tanto faz, o clima é muito agradável e vai ver que as pessoas são muito simpáticas e parecidas com os brasileiros no quesito hospitalidade.

(Um dos vários trabalhos feito em latão)

(Um pouco mais do mercadão com suas iguarias e artesanato)

(As casinhas no meio da cidade)

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: