San Andres

Como começar a falar de San Andrés? Fácil. É só vermos que na bandeira nacional colombiana estão erradas as cores. O amarelo as riquezas? Ok. O vermelho pelo sangue derramado? Ok. E o azul? Esse azul deveria ter sete tipos diferentes de tons em favor das cores do mar dessa ilha fabulosa. Parece mentira, não é? Na chegada a ilha basta olhar pela janela e ver que a tonalidade da água muda com o mover do seus olhos.

(As sete cores do mar caribenho de San Andres)

Essa ilha que fica a 700 km de distância, é isso mesmo, 700 km e que repousa sobre o mar caribenho e que eu realmente esperaria poder fechar essa viagem. Uma ilha com hotéis de luxo onde terá tudo incluído como café da manha, almoço e jantar. Caso esteja um pouco fora da sua realidade, tem muitas pousadas e hostels por toda a ilha. E restaurantes e bares? Também, e caso esses ainda estejam fora do seu orçamento aconselho a ir ao mercado. Sempre é um bom conselho.

San Andres

(Link para adoçar a boca de quem pensa em ir a San Andres)

Essa ilha paradisíaca e que já foi palco dos filmes do “Piratas Do Caribe”, pede uma taxa para entrar. Uma taxa parecida com a que pagamos para entrar em Fernando de Noronha, com uma diferença grande que dessa vez pagamos por dias indeterminados e não como aqui no Brasil que se paga por dia. Paga-se no aeroporto com o passaporte em mãos e custa 46.000 pesos. Nada absurdo. Por mais que estejamos num lugar paradisíaco, toda ilha tem seus porens, como por exemplo a falta de um produto ou outro, água doce e etc…  Não esta perto da costa e o pais mais perto é a Nicarágua que ate 2012 lutava para aderir a ilha ao seu território.

(Mapa ilustrativo que mostra a localização e proximidade das atrações da ilha)

Sendo assim não se assuste caso não tenha uma coisa ou outra. No geral a ilha é ótima, e te oferece inúmeras possibilidades de lazer. Entre elas a caverna de Morgan o famoso pirata e o olho soprador. Agora não se esqueçam que por menor que seja a ilha, nada é muito perto e a maioria das coisas não se pode fazer caminhando, e sim tomando uma condução que por sinal não tem ônibus na cidade então temos duas opções, uma é um taxi, a outra são aqueles carrinhos de golf (são um pouquinho maiores na verdade), não são baratos mas tudo na base da conversa e tenho certeza que tudo se ajeita.

(Ilha de Johny Cay)

Outro tipo de passeio são os mergulhos e a ilha tem mergulho para todos os gostos. Para aqueles que não tem mais idade ou receio de nadar com equipamentos, tem uns barcos com um fundo de vidro que te dão uma visão única do fundo do mar. Uma outra possibilidade também é ir as ilhas de Jonnhy Cay e Aquário, ao contrário das ilhas do rosário em Cartagena aqui não bate nada e o passeio é bem agradável. Tenho uma foto de dentro do barco onde se pode ver o encontro das cores do mar. A ilha é mínima, pode se dar a volta em 10 15 minutos. Só uma dica, não abuse do álcool, eles têm banheiros é verdade, mas não são 5 estrelas, pelo contrário.

(West View onde pode-se saltar em direção a Poseidon)

Vamos tentar resumir alguns itens descritos acima no texto:

Preço dos passeios e atrativos:

Jonnhy Cay e Aquário – 15.000 pesos colombianos

Barco fundo de vidro – 20.000 pesos colombianos

Aluguel de moto – 25 USD

Existe também uma taxa simbólica para entrar nas praias, que gira em torno de 5 reais e você ganha uma pulseira que dá acesso a todas as praias da ilha.

(Praia principal de San Andres – Spratt Bight)

Agora caso entenda que seja melhor fazer o mergulho a Poseidon apenas saltando a água, não há a necessidade de fazer o aquanauta, pois existe um trampolim e um escorrega que ficam bem próximos e a água cristalina sempre te leva ao encontro do Deus dos Mares.

Para não me prolongar muito, acho que fecho bem San Andrés dizendo que quando voltei para casa disse a amigos e parentes que se pudesse moraria na ilha. Acho que com uma declaração dessas não preciso dizer mais nada.

(Picinita – San Andres)

(Para os amantes de Paragliding reparem na diferença de cor do mar bem abaixo)

Por fim a receita local com a limonada de coco:

Deixo os itens para que tentem em casa:

Suco de limão

Leite de coco

Leite condensado

Sorvete de baunilha

E rum para os amantes da aguardente caribenha.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: