Quando estava na quinta série do colégio, tive que fazer um trabalhinho valendo nota. Esse trabalhinho era um mini teatro onde tínhamos que interpretar varias figuras mitológicas da antiga Grécia, ou mais especificamente, Atenas. Bem como qualquer criança de 11 anos de idade, fiquei muito ansioso, pois tinha que falar em público, afinal era um teatrinho(até hoje luto contra esse problema, porém hoje estou mais acostumado, bem mais), e toda essa ansiedade me derrubou com febre e dor de garganta. Ali criei uma vontade enorme de conhecer Atenas e claro, a Grécia.

Outra vez saindo do navio, consegui um tour pela cidade. Foi a melhor coisa que fiz, pois os anos que se seguiram tive que ficar por inúmeras vezes na área portuária já que o país passava por uma crise enorme e muitas revoltas sociais se espalhavam pela cidade. Nesse tour passei primeiramente pelo Estádio Panatenáico, e fiquei maravilhado ao saber que os jogos olímpicos do final do século XIX, foram realizados aqui.

Quando falamos de Grécia, temos que falar do Império Persa mais ou menos a 300 A.C e mais tarde Império Otomano, que acabou tomando quase todo o território do leste europeu após o século XV. Parece besteira quando olhamos para as construções hoje e não conseguimos voltar no tempo, porém temos que pensar na possibilidade de muitas construções terem sido perdidas, ou pelo menos reconstruídas assim como o estádio em que estava entrando. Maravilhoso e antigo foi ali que caiu a ficha da enormidade que era o país e que eu estava por iniciar uma nova historia.

e0656c81-9483-4ed9-a097-da905af1e59f

(Foi nesse ponto meus olhos começaram a se abrir e acreditar que estava em Atenas)

Terminamos a visitação ao estádio e em seguida fomos a Acrópole. Ali não pude conter minha ansiedade, estava louco para começar a ver e sentir o ar grego por essência. Começamos então a caminhar e paramos logo no inicio frente a um prédio antigo e a guia já nos mostrou a acústica do teatro principal, o teatro de Dionísio. Todo em pedra e palco de inúmeras peças, em minha passagem fechado para evitar maior deterioração já que o tempo já havia feito bem seu trabalho. Um pouco a frente do Parthenon pode-se ver o teatro de cima, e ao aproximar-se, é possível ver a famosa foto capa de revista que se tira do teatro.

1e542bcb-f21b-45df-a5f4-96d71e74df9e

(teatro visto de cima)

A única coisa chata que passei nessa visita foi depois que passei pela porta de entrada. Muito chamativa e muito convidativa, que dava uma atmosfera toda especial ao templo da deusa que da nome a cidade. É incrível ver as colunas ainda de pé e só de pensar que um dia, um monumento de ouro dava a quem passava a imagem da deusa me deixou arrepiado. Outro monumento que passou por inúmeras invasões, deixando guerras quase arrasarem suas ruínas. Foi muito bom passar por um lugar tão místico, tão cheio de historia.

017e84f9-63cf-4d19-88ee-fdd7eaa48a0e

(A entrada para o sonho)

Por fim chegava a ao topo da capital Grega e berço da filosofia e politica, e só a ideia de poder pisar nesse museu a céu aberto e ficar de frente para templos que foram erguidos a pelo menos 2500 anos. Se por vários países e cidades pela Europa nos deparamos com santos protetores de cidades e vilarejos aqui o nome da cidade não foge a regra e Atena segue protegida pela escolhida dos deuses.

556041_435102046522367_1020997795_n (1)

Quando decidir visitar a cidade alta segure a emoção e não toque na estrutura, pois o governo tem feito incansáveis trabalhos de restauração. Quando que poderíamos imaginar que os templos seriam usados pelas mais diversas formas durante invasões entre elas a dos otomanos (lembrando que os otomanos seguiram após a queda do Império Bizantino), e que mesmo após guerras e invasões este ainda seria um dos maiores pontos de visitação do mundo.

60007c4b-d26b-4473-8db8-ecd1407f6ef3

Não poderia deixar passar um dos pontos que mais me chamou atenção, o Erecteion. Ao lado do templo de Atena pequeno, e que se não tomarmos cuidado passa despercebido. A construção revela toda a suavidade de mulheres demonstrando sua força ao servirem de colunas sustentando a cobertura. É de fato uma imagem muito bonita e as famosas Cariátides marcaram minha visita.

376524_435103616522210_2071709366_n

(Famosas Cariátides em Atenas)

O mesmo caminho de pedra que me levou ao topo da colina de aproximadamente 100 metros me trouxe de volta ao ônibus. Tive tempo na volta, de parar em um restaurante próximo ao porto para comer a famosa carne de carneiro com o também famoso yogute grego.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: