Israel, e o pacto de paz

Israel, e o pacto de paz Para você que está chegando agora ao mundo árabe, e não sabe bem onde está pisando vamos dar uma pincelada. Tel Aviv é a capital de Israel e o Golfo Pérsico palco de inúmeros revezes e obstáculos quando o assunto é paz na região. E o avanço pode não somente parar entre países dos emirados árabes, mas também em escala global, lembrando que Israel mantem a produção de armamento nuclear.

Pinochet, e ideias revolucionárias

Pinochet, e ideias revolucionárias O nome do personagem da semana é Augusto José Ramón Pinochet Ugarte. Nasceu em Valparaíso no Chile, e deu início a sua vida militar aos 18 anos, ainda em Santiago, em 1933 e permaneceu até 1937. Anos depois, mais precisamente até 1972, se tornou general chefe do exército chileno e a partir daqui sua história ganha outra vertente. Vamos a ela!

Atacama, um sonho ainda não realizado

Bem, como o próprio título já diz o deserto do Atacama ainda é um sonho, mas parte de nossa equipe já teve o privilégio de conhecer. Então vamos deixar as dicas, fotos e vídeos por conta deles. Meu sonho desde que fiz o curso de guia de turismo é conhecer o Atacama e o Salar de Uyuni na Bolívia, e de preferência fazendo a travessia de um para o outro dormindo no hotel de sal. Nossa equipe fez algo bem próximo disso e espero que gostem do roteirinho que fizemos.

E o chile, hoje!

E o chile, hoje! Um país que cabe em São Paulo, afinal são 18 milhões de habitantes, e sua capital, ironicamente, retém quase um terço do total de habitantes com cerca de 5 milhões de pessoas. Um histórico recente parecido com o nosso saindo de uma ditadura nos anos 1990, e uma economia crescente, porem refém. Esse é o Chile!

Chile como destino de aventura

Antes de viajar a gente sempre pondera o que fazer, o que ver, o que comer, o que visitar, e nesse caso o Chile entrega várias opções. O mais interessante de todas essas questões é que o país tem se provado como destino certo para quem é aventureiro, ou claro, para quem gosta desse tipo de turismo mesmo não sendo tanto da aventura assim.

Ataturk, e a independência Turca

Vamos resumir a história dessa lenda entre os turcos para que não fique muito extensa e fora de propósito. Como sempre falamos de personagens importantes pelos países que visitamos não poderíamos deixar de falar de Ataturk. Cada século e datas com suas respectivas importâncias, e o fim do século XIX e começo do XX, foram cruciais para o atual momento da Turquia.

turquia hoje

Ao longo dos posts contamos um pouco da história da Turquia, alguns de seus personagens, algumas das principais cidades a serem visitadas e claro muitas dicas. Mas, e a Turquia hoje? Um país com mais de 80 milhões de habitantes e que tem uma geografia privilegiada.

Kusadasi, e éfeso uma das sete maravilhas do mundo antigo

Kusadasi, Turquia Situada às margens do mar Egeu se encontra a animada Kusadasi! Sempre que desembarcava no pequeno porto da cidade corria para a loja do Seref, que vendia roupas a um preço muito barato e uma qualidade de precedência não tão boa assim, mas que servia um chá de maçã delicioso e um papo, mesmo com inglês meia boca que era fantástico. Foi assim que a cidade me recebeu por quase 4 anos!

Istambul, a nova Constantinopla

Istambul, a nova Constantinopla Já falamos um pouquinho da história da antiga Istambul e é chegada a hora de falarmos da cidade atualmente e, claro, do que visitar e o que fazer em Istambul quando visitar a bela Constantinopla. A verdade é que quando chegar verá uma mescla muito interessante do passado e do novo, pois o governo investiu pesado para modernizar a cidade. Se ao passo que verá uma cidade moderna, por outro lado verá todo o glamour de uma cidade milenar

Constantinopla, a nova capital dos otomanos

Constantinopla, a nova capital dos otomanos Conquista de Constantinopla em 1453, e o império otomano se deu ainda no século XIII em 1299. Esse pedaço da história marca a Transição da idade medieval para a idade moderna, e um reinado que perdurou por quase, pasmem, quase 700 anos. Sem dúvida um dos impérios mais longevos da história recente.

Grécia, o berço do mundo

Grécia, o berço do mundo O mundo como conhecemos hoje, com tantas teorias, politica, matemática e filosofia, é oriundo de um mundo antigo onde homens políticos eram bem vistos, e comerciantes mal vistos pela sociedade. O homem que se destacava era aquele que contribuía de alguma forma para a população, principalmente nos eventos festivos, e aos deuses.

Katakolon, o primeiro passo a Olímpia

Katakolon, o primeiro passo a Olímpia Katakolon é sem dúvida o primeiro passo a Olímpia, ou, o berço das olimpíadas. Nossa chegada ao portinho foi de cruzeiro e já lá de cima é possível ver várias lojinhas que se espalham por todo o centrinho. Ao lado de onde o navio para há uma prainha para quem quer somente tomar um banho de sol e se refrescar nas aguas geladas daqui. E se por acaso estiver se perguntando sobre o local onde tudo começou, então vamos a ele agora!!

Gramado: A cidade europeia no Brasil

Gramado: A cidade europeia no Brasil. Colonizada em 1875 por alemães e italianos, a cidade teve esse nome pois era utilizada como caminho para boiadeiros em suas viagens. Por ter uma região vasta de pasto e gramado, deu-se o nome da então cidade povoada por José Manuel Corrêa e Tristão José Francisco Oliveira. Situada no estado do Rio Grande do Sul, Gramado é uma das cidades mais charmosas do Brasil.

Gramado e a volta do turismo local

Gramado e a volta do turismo local Gramado tão conhecida pelos brasileiros, e alvo de sonhos por quem é amante de boa gastronomia, paisagens incríveis, frio e claro uma boa acomodação. A partir dessa afirmativa é possível fazer uma leitura do que vem acontecendo nesse pedacinho do Rio Grande do Sul que conta com uma população de pouco mais de 30 mil habitantes, mas que é super preparada para receber o turista, afinal a cidade vive de você viajante.

Aéreos em queda livre

Aéreos em queda livre

Semana passada falamos sobre os navios e se era hora de subir a bordo dos hotéis flutuantes. Pois bem, agora é hora de falarmos de outro tipo de transporte tão importante para chegarmos ao destino desejado, o aéreo. Mais uma empresa enfrenta problemas financeiros e que pode impactar o turismo nacional e internacional. A Latam Airlines abriu pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos.

Já é seguro fazer um cruzeiro?

A ideia para o pós pandemia é uma só, curtir a vida! Para quem pensa assim esse texto cairá como uma luva. Não é difícil ver na internet pacotes com promoções para os mais variados destinos, e os cruzeiros que sempre estiveram em alta, agora parecem estar longe dos sonhos de muita gente. Segundo dados do governo federal, o vírus pode se propagar pelo ar, e você iria para um hotel que o ar condicionado fica ligado o tempo todo? Bem, vamos lá...

Montenegro, o menor entre os pequenos

Por fim chegamos ao último país do bloco da Jugoslávia, e vamos fazer durante a semana matérias proporcionais ao tamanho desse pequenino país. Vamos começar falando que após sua saída do bloco, e sua independência da Sérvia em 2006, o país entrou em crise e sua economia hoje se baseia no setor imobiliário e turismo. Um fator importante para Montenegro foi ter se tornado o 29° país a fazer parte da OTAN, fazendo com que a população de 6 milhões de habitantes possa ter mais segurança em tomadas de decisão a partir de agora.

Madre Teresa é macedônia

Se voce acredita que o turismo não envolve absolutamente tudo, então pare e repense alguns de seus conceitos. O historiador e filósofo Karnal, diz que tudo existente é relacionado a história, logo tudo é relacionado ao turismo, e quiçá em proporções ainda maiores. Madre Teresa não foi somente uma missionária, mas uma propagadora de um conceito, mais até que uma religião.

Macedônia, terra de Alexandre, o grande

Mais um país pequenino em meio a muita confusão territorial e nacionalista. Duas grandes personalidades passaram por essas terras e defendiam ideologias diferentes com os nomes de Alexandre, o grande, e Madre Teresa de Calcutá. Se hoje o turismo é bem difundido, então o nome desses dois é de extrema importância. O número de habitantes é baixo em todo o país, e o turismo ainda não é uma potência como outros vizinhos como a Grécia, mas a intensão com o turista é a melhor possível.

Resumo de um país chamado Bósnia

Um país que, assim como todo os outro dos Bálcãs, teve problemas e conflitos por conta de diferentes culturas e religiões que sempre estiveram presentes em seu território. As influências dos bizantinos, otomanos e católicos fizeram desse país uma verdadeira miscelânea de gostos e história, e o mais interessante disso tudo é que de uma forma ou de outra sempre conseguiram conviver bem com isso.

Mostar, a terra de otomanos na Bósnia

Um país quem tem a religião Islã forte, um governo dividido pelas três religiões e que consegue se sustentar bem mesmo após a guerra da década de 1990. Para quem prefere algo mais visual fica a dica do filme Sarajevo que está na Netflix e conta bem a história sem cenas de guerra e mortes sangrentas. E a duas horinhas da capital bósnia está a pequenina cidade de Mostar que é patrimônio da Unesco e que guarda vários segredos em seu interior.

Medjugorje, um santuário de fé

Uma vila pouca conhecida e explorada até o começo dos anos 1980, quando seis crianças tomaram um susto com a aparição de Virgem Maria. Os turistas que visitam a vila, com um pouco mais de 4 mil moradores, acreditam na história das crianças e da aparição no alto da colina o que torna esse pedacinho do mundo mais visitados pela crença católica, um lugar sagrado para o Papa, e faz com que a cidade sobreviva do turismo religioso.

Sarajevo

Uma cidade maravilhosa e que ninguém imagina que estaria tão mudada, se comparada à década de 90 quando sofreu na guerra de separação da grande Servia. A chegada a cidade por terra por quem vem da Croácia ou mesmo de cidades menores como Mostar, é sensacional. O rio Neretva segue a rodovia quase ate a entrada da cidade, é lindo ver o rio cor esmeralda em meio as montanhas com uma vista incrível. Por todo o caminho pode-se ver diferentes e vários cemitérios, ora com a cruz ora com uma cruz sem as hastes, onde o primeiro faz referencia aos católicos e os outros dependendo de seu formato poderia ser ortodoxo, ou muçulmano. Parece loucura, mas são esses que compõem ainda mais o visual.

As cavernas de Postojna, ou, a caverna do dragão

A famosa caverna de Postojna e um dos locais mais visitados da Eslovênia guarda o segredo da lenda dos dragões. A história é simples: um pequeno serzinho de aparência próxima a uma lagartixa de nome interessante até, proteus, nada mais é que uma salamandra de metabolismo superbaixo e que não gosta de luz, falaremos dele mais a frente. Mas a caverna é linda e vale os 50 quilometros de distância de Liubliana, e vale a pena fazer a visita mesmo que seja de tremzinho, isso mesmo, um trenzinho. Vamos aos detalhes?

Tratado de Schengen

Um espaço para países da EU ou associados poderem circular livremente sem grandes transtornos entre os países membros. Para que se entenda melhor é como se para os indivíduos desses países não existissem fronteiras, o que gera um corredor de turismo por exemplo como tem sido discutido pela comissão europeia, e o tratado de Schengen passa a ser um facilitador.

Eslovênia deixa vírus pra trás:

Na Europa vários países tiveram que se prevenir e tomar medidas drásticas contra o coronavírus. A Eslovênia conseguiu antes da data prevista se consolidar com o primeiro país a conseguir sair da pandemia, um mês antes do previsto e com projeções positivas reabrindo fronteiras e setor do turismo.

Sérvia e seu contexto histórico:

O país é sem dúvida o centro de um contexto que foi impactante no leste europeu e mundial no século XX. Belgrado tem uma importância enorme para o bloco da Jugoslávia como sua capital e centro estratégico, de Tito, durante todo o tempo que ficou à frente no governo. Sua geografia foi alvo de inúmeros poderes e impérios ao longo dos séculos.

Sérvia a capital da Jugoslávia:

Hoje começaremos nossa caminhada pela Sérvia, ou, mais especificamente a capital da antiga Jugoslávia. Um país que perdeu muito de seu território desde sua divisão e perda de seu bloco, e que também viveu tempos difíceis em meio ao comunismo. Diferentemente de Nicolae Ceausescu, a Sérvia teve um grande comandante e que conseguiu manter o bloco forte

Mar negro, é negro mesmo?

im o Mar Negro é negro e isso é devido a quantidade de sais minerais gerando assim uma coloração mais escura. Apesar do nome o mar é bastante ativo e as embarcações trazem luz o tempo todo de um lado a outro, e o mais interessante é que o mar pode sair da Europa para a Ásia em pouco tempo.

A importância do Rio Danúbio:

Em tempos mais remotos o rio era utilizado como meio comunicação mais fácil entre as tribos, impérios e viajantes que se aventuravam por suas águas. Os grandes impérios usavam como rota de fuga e comércio até o século XX onde grandes industrias tomaram as margens e navios de carga ocuparam o lugar de navios de guerra.

Romênia, um país estigmatizado:

São inúmeros os casos de países que se renderam ao comunismo na segunda metade do século XX, e um deles é a Romênia. De 1959 a 1989 o país ficou entregue a autocracia de Nicolae Ceausescu, e a partir da queda do mudo de Berlim viu a possibilidade de, enfim, confrontar o presidente.

As empresas de ônibus e os desafios próximos

Os setores de aéreo, hoteleiro, receptivo, serviços e guias de turismo estão sendo afetados diretamente pela crise vinda do coronavírus. O mundo anseia por respostas desde o início do ano, vacinas são testadas, remédios forçados como milagre, porem a certeza é que não certeza de nada até momento.

Um pilar chamado Bauernfest

A Bauernfest é um festival que acontece na cidade de Petrópolis, no estado do Rio de janeiro, e se engana quem pensa que a cidade é somente museu imperial, Dom Pedro I e II, e muita cerveja, ou melhor, não pera, muita cerveja e muita comida alemã. O festival acontece, geralmente, no mês de junho

Argentina enfrenta crise local e mundial

Diversas medidas têm sido tomadas pelo governo argentino para tentar conter a disseminação da covid-19. O Presidente decretou a postergação do isolamento social e afirmou que “todo esforço é muito importante”. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), a Argentina tem 1.175 infectados e 63 mortes.

A origem da quarentena:

Então se hoje temos um termo para os dias de isolamento devemos aos italianos, ou, mais especificamente aos venezianos. As pestes ou epidemias sempre foram muito comuns e assolavam nações inteiras como a Europa, norte da África (como o Egito), e civilizações quase que inteiras de muçulmanos trazendo números imp

Como está o turismo no Brasil?

Como está o turismo no Brasil? Então seguindo essa linha o secretário de turismo de São Paulo afirma que nos últimos anos foram criados mais de 50 mil empregos na área. o PIB brasileiro atingiu o total de 8% o que significa uma bela fatia do mercado e que vem se desenvolvendo